Problemas com mau hálito (halitose)? Procure um dentista

A halitose, mais conhecida como mau hálito, tem 80% de sua causa relacionada a fatores localizados na cavidade oral. Desta forma, o cirurgião-dentista é o profissional mais indicado para auxiliar o paciente a sanar o problema. Os principais fatores relacionados são:

  • Cáries – as cavidades retêm restos de alimentos que sofrem decomposição e exalam mau cheiro;
  • Doença periodontal – sangramento gengival, descamação da mucosa e presença de placa bacteriana;
  • Impacção alimentar – restaurações feitas sem o devido contorno e polimento podem reter alimentos que se degradam e exalam odores;
  • Higiene oral inadequada – permite que os restos alimentares se acumulem e se decomponham na boca. Estes resíduos fermentam gerando gases, como o sulfeto de hidrogênio, que exala mau cheiro. É essencial que o paciente escove os dentes e passe a fita ou o fio dental diariamente;
  • Diminuição do fluxo salivar – pode ser causado pelo uso de alguns medicamentos, por estresse, pelo uso frequente de bebidas alcoólicas, ou pelo tabagismo;
  • Saburra lingual – é o acúmulo de células descamadas da boca, bactérias, muco da saliva e restos alimentares que aderem à parte posterior da língua. Nos pacientes que apresentam halitose, quase sempre há presença de saburra;
  • Próteses mal adaptadas – também podem acumular restos de alimentos que vão se decompor na boca e fermentar, gerando gases que exalam mau cheiro;
  • Abscessos na boca – acúmulo de pus de infecções bacterianas que podem se instalar na boca por diversos motivos.

Hoje em dia, é possível fazer um teste em laboratório especializado para diagnosticar a halitose. Consulte um especialista da Venticinque Odontologia.