A Reabilitação Oral realizada com o conceito da Odontologia Sistêmica e Integrativa

 

 

Qualis Vita

Na Venticinque Odontologia Sistêmica e Integrativa trabalhamos a Reabilitação Oral através de um novo conceito, que busca integrar a boca com o resto do corpo,  com a visão de equilibrar as estruturas, química, orgânica e emocional.

Não podemos esquecer: toda reação de dor, como por exemplo dor de dente, gera um desequilíbrio nos nossos neurotransmissores, ativando nosso sistema simpático e preparando nosso corpo para a luta e fuga. Estes hormônios  a longo prazo podem vir  a causar um desequilíbrio emocional.

Quando restabelecemos a estrutura dental dos nossos pacientes, temos sempre em vista reequilibra-lo de uma forma global e integral pensando sempre no bem estar a longo prazo.

Todo desequilíbrio do sistema emocional, químico, orgânico ou estrutural a longo prazo desequilibrará os outros sistemas. Da mesma forma, independente de qual o sistema que desequilibrou, primeiro devemos ter a visão destes três sistemas.

Para restabelecer a estrutura temos uma equipe muito selecionada e diferenciada:

  • Ortopedia Funcional dos Maxilares principalmente para crianças que precisam desenvolver os ossos da face para restabelecera postura e respiração
  • Disfunção Temporo Mandibular – especialidade que através do correto reposicionamento da mandíbula com o uso de aparelhos, órtese, fisioterapia, etc., devolve aos músculos a sua normoreatividade, acabando com sintomas como: dor no pescoço, cabeça, hérnia de disco, zumbido ou ruídos nos ouvidos, dor nos ombros, entre outros problemas.

Para  ajudar neste trabalho de reabilitação também utilizamos técnicas de Quiropraxia e Osteopatia. Estas técnicas vão alinhar a estrutura do corpo e diminuir as tensões viabilizando um melhor e mais rápido resultado do nosso tratamento.

Metais tóxicos e parasitas no nosso corpo impedem que alimentos importantes para nossas células  com manganês, magnésio, zinco, cobre entre outros, cheguem dentro das nossas células e produzam os produtos e reações químicas orgânicas importantes para mantermos nossa saúde.

Para isso temos uma Nutricionista Funcional e um especialista em Biofísica e Ortobiomolecular.

Após estarem todos os sistemas equilibrados fazemos a reabilitação  dos dentes necessários.

Utilizamos das mais modernas técnicas e materiais como : termografia, ozônio terapia, laser, oxigênio terapia, hipnose, biorressonância, aurimeter, higiene do sono, acupuntura, entre outras.

  •  REABILITAÇÃO ORAL E PRÓTESESPOSIÇÃO 02-REABILITAÇÃO ORAL E PRÓTESE

É uma especialidade que visa restabelecer o relacionamento funcional e estético da mandíbula com a cabeça e da cabeça com o resto do corpo, reabilitando a postura corporal, deixando a musculatura em paz neuromuscular.

O desgaste excessivo pelo mau uso, ou por algum problema como Bruxismo, pode provocar um grande desequilíbrio estrutural na boca e corpo. A reabilitação deve ser muito bem planejada e, para a correção, pode haver o envolvimento de várias especialidades Odontológicas.

Esse tratamento devolve a autoestima e a qualidade de vida ao paciente, por meio de um lindo sorriso e da paz neuromuscular.

Podem ser utilizados recursos protéticos que podem ser próteses, sobre implantes, metal, cerâmicas, coroas allceram, facetas laminadas, lentes de contato, próteses totais e removíveis.

  • BRUXISMO

POSIÇÃO 06-BRUXISMO

O Bruxismo, disfunção causada pelo ato de apertar ou atritar os dentes durante o sono, vem se tornando um fator de visita frequente aos consultórios odontológicos. O Bruxismo é prejudicial, pois a repetição forçada do músculo sobrecarrega de forma excessiva os tecidos de suporte, inclusive os próprios dentes.

Dentes desgastados, dores de cabeça, na mandíbula e pescoço podem ser sintomas do distúrbio. A causa geralmente está associada a um desequilíbrio no sistema emocional, químico e/ou estrutural. Trabalhar estes três sistemas é muito importante para se ter um resultado duradouro.

  • ZUMBIDO NO OUVIDO


POSIÇÃO 08-ZUMBIDO NO OUVIDO

Atualmente, já existe uma especialidade odontológica que trata deste problema. Os ruídos nos ouvidos podem causar distração, irritabilidade, insônia, baixa autoestima, entre outros sintomas, afetando o rendimento no trabalho ou no estudo, gerando dificuldade nos relacionamentos afetivos e profissionais.

O problema pode estar relacionado a um problema na mandíbula, que está ligada ao crânio através de ligamentos, musculaturas, vasos e nervos. Nessa área fica um disco cartilaginoso chamado de disco articular. Um pouco atrás desta região, fica a bilaminar, uma zona altamente irrigada e inervada. Os dentes quando se encostam, protegem esta articulação, também chamada de Articulação Temporomandibular (ATM), impedindo que este disco e região sejam amassados.

Quando há perda ou falta de dentes pelo desgaste excessivo, bruxismo ou o ato de apertar os dentes com força, pode ocorrer a redução da distância entre o queixo e o nariz, chamada de dimensão vertical de oclusão. O prolongamento do osso da mandíbula, chamado côndilo, acaba “amassando” o disco articular e, dependendo da força que fazemos e da proteção que perdemos, podemos acabar desidratando, ou às vezes até furando este disco articular. O côndilo gera tensões de forças dentro do osso, muito próximas ao ouvido, por onde passam nervos. Essa tensão pode resultar no zumbido.

Caso seu problema de zumbido ou ruídos no ouvido não tenha sido detectado pelo otorrinolaringologista ou pelo neurologista, talvez a causa possa ser odontológica. Procure um especialista em Disfunções Temporomandibular e em Dor Orofacial para um diagnóstico.

  • OFM (ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES)

atm1

Especialidade que soluciona desequilíbrios ósseos, musculares e de funcionamento dos maxilares, decorrentes de desvios de crescimento e desenvolvimento facial. Promove o desenvolvimento das bases ósseas, possibilitando alinhamento dentário, melhora da respiração, mastigação, deglutição e fonação. Tais disfunções podem ser corrigidas com o uso de aparelhos removíveis, que produzem estímulos remodelando estruturas ósseas, musculares, articulares e desvios de função. O tratamento pode ser iniciado já durante a dentição de leite.

Sinais e sintomas observáveis pela OFM: desalinhamento dentário, alterações das bases ósseas (mandíbula retruída ou projetada e mordida cruzada), alterações na altura do terço inferior da face (mordida aberta ou mordida profunda), alterações respiratórias (respiração oral, ronco e apneia), bruxismo (ranger de dentes durante o sono), alterações de mastigação, alterações de postura, interposição lingual, entre outros.

  • APNEIA E RONCO

img2

            Ronco e Apneia tem tratamento.

                O ronco (distúrbio respiratório decorrente do estreitamento da passagem do ar) pode não ser apenas um barulho intermitente produzido durante o sono. Ele pode vir associado a apneias (interrupções sucessivas da respiração durante o sono). É uma doença de caráter evolutivo e considerado um problema de saúde pública.

As consequências da Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) vão além de noites mal dormidas. Pode também causar: aumento de três a cinco vezes de riscos cardiovasculares (arritmias e infartos), acidente vásculo cerebral (AVC), aumento do risco de acidentes de trânsito e trabalho, alteração de humor, alteração da capacidade de concentração, cefaleias matinais, desenvolvimento de doenças sistêmicas, como por exemplo o diabetes tipo II, refluxo, entre outras. Dentre os transtornos do sono, a SAOS acomete aproximadamente 30% da população mundial.

O diagnóstico e tratamento da SAOS são feitos em conjunto por otorrinolaringologistas e dentistas.

A Venticinque Odontologia oferece um tratamento efetivo e completo para ajudar o paciente com problema, através de um diagnóstico cuidadoso e da implementação de técnicas modernas, através do uso de aparelho intrabucal específico, fundamentado na Ortopedia Funcional dos Maxilares.